Intercâmbio na Irlanda – O que precisa?

Nesse blog além de falar de beleza e coisas relacionadas ao universo feminino, também quero falar sobre viagens. Viagens que eu fiz e ainda pretendo fazer, como eu fiz meu intercâmbio, como foi a tentativa de um outro intercâmbio e como fiz minha cidadania portuguesa, entre outras coisas. Acho que muita gente tem curiosidade, e muitas mais também tem vontade e dúvidas de como fazer um intercâmbio. Vou dividir em topicos e vou postando esporadicamente. Espero que gostem e caso tenham alguma dúvida é só perguntar que eu incluo no post seguinte, ok?
O primeiro post então será sobre o meu intercambio na Irlanda. Vou tentar lembrar de tudo o que eu precisei, porém não sei se ainda continua a mesma coisa pois já faz quase 3 anos. Mas bora lá.
Meu intercâmbio foi de estudante. Então primeiro de tudo foi contatar uma escola e comprar um curso de inglês de seis meses que eu poderia tirar o visto de um ano podendo ser extendido depois, esse visto dá direito a trabalhar 20 horas semanais durante o periodo do curso e 40 durante o periodo de ferias. O preço varia muito de escola pra escola, o lance é pesquisar. Junto com o curso a escola pode te vender um pacote incluso acomodação de uma ou duas semanas, o seguro governamental OBRIGATÓRIO e transfer do aeroporto até a acomodação, eu optei por duas semanas de acomodação e o seguro, tem escolas que também tem a opção de homestay que é na casa de uma familia, eu preferi residencia estudantil mesmo, por ser mais barato e por poder ter contato com outros alunos logo na chegada.
Depois de comprar o curso é hora da passagem, eu fui de Lufthansa, com escala em Frankfurt. Primeira vez viajando de avião e logo de cara uma viagem de 14 horas #medo hahaha
Com tudo pronto é hora de viajar, o visto é tirado depois que você chega em Dublin. Assim que chega na cidade alguem da escola vai com você pra tirar o PPS (como se fosse nosso cpf do Brasil), documento indispensável pra abertura de uma conta no banco. Você vai precisar fazer um depósito de 3000 euros depois tirar um extrato pra comprovar na imigração na hora de tirar o visto.

Gente foi esse processo que eu fiz, não sei se mudou muita coisa ou se tá igual ainda. Se eu esqueci de alguma coisa e lembrar eu volto aqui pra editar.

Antes de finalizar o post eu gostaria de deixar algumas dicas pra quem tá querendo estudar na Irlanda:

1- Pesquise muito bem as escolas antes de fechar, pesquise mais de uma, mais de dez. É importante pra você não se frustrar quando chegar e a escola não ser como você achou (aconteceu comigo, eu não gostei da minha escola nadinha, por isso não falei o nome no post, não vou fazer propaganda positiva nem negativa, até pq minha experiencia pode ser diferente pra outras pessoas), mas faça isso, pesquise, olhe no google, nos grupos do facebook, nos sites sobre dublin e só feche depois de falar com as escolas e ter certeza de qual você quer. Eu conheço uma agência que trabalha com várias escolas e é super compentente, eu com certeza teria vindo com eles se soubesse antes. Se quiserem vou deixar o contato deles aqui, só falar que viu aqui no blog que rola um descontinho.

Futuro Intercâmbios – Facebook – Email

2- Comece os preparativos com antecedência, principalmente pra guardar os 3 mil da imigração, é bastante dinheiro, então você precisa se programar. E também por que as passagens tendem a ficar mais caras quando comprada de ultima hora.

3- Além dos 3 mil euros traga um dinheiro extra, você nunca sabe quanto tempo você vai demorar pra abrir a conta no banco e tirar o extrato, então até lá você não vai poder mexer nesse dinheiro. Você vai precisar pagar aluguel e o deposito no primeiro mês depois que o periodo da acomodação acabar, vai precisar comprar comida, roupa de frio caso você vá no inverno, entre outras coisas, então leve mais dinheiro.

4- Faça um seguro antes de sair do Brasil, só o governamental não é suficiente. Procure por seguro de viagem, e de preferência que cubra o espaço Schengen.

Por enquanto, que eu me lembre, são essas as dicas que eu tenho pra dar pra vocês, mas a melhor delas é: Aproveite!!!rs. Divirta-se, viaje, conheça gente nova, de preferência de países diferentes do seu. Vai ser um ano completamente diferente e muito compensador, você não vai se arrepender. É só ter a mente aberta pra novas culturas e seu ano vai ser o melhor da sua vida.

Realmente aquela citação famosa entre os intercambistas faz todo sentido.

“Quem disse que a infância é a melhor fase da vida é porque nunca foi intercambista” 

Chega né que esse post ficou enorme hahaha, espero ter conseguido esclarecer algumas dúvidas e que vocês tenham entendido, eu não sou muito boa em me expressar escrevendo, sou mais de falar, preciso de uma câmera urgente kkkkk

Vou colocar algumas fotos do periodo que eu estava lá, pra poder ilustrar o post.

 

Dublin

Bray
Howth Wicklow

 

Um beijão e até o proximo post.

Leave a Reply